Missionários se arriscam para distribuir Bíblias aos refugiados, na Albânia

Além das Escrituras, os missionários distribuem água, colchões, cobertores e calçados.

Cristãos de todo o mundo podem ajudar doando Bíblias. (Foto: Bíblias para os Povos).
Cristãos de todo o mundo podem ajudar doando Bíblias. (Foto: Bíblias para os Povos).

Albânia tem sido um forte campo de evangelismo. Nos últimos três anos, muitos refugiados têm passado pela região. São pessoas vindas de diversos lugares, como Ásia, Síria, Afeganistão, Paquistão, Irã e até de países do norte da África. Os missionários Henrique Davanso e Henriqueta Pechoto estão empenhados em alcançar essas vidas e estão na luta por levar ajuda e a Palavra de Deus para essas pessoas.

Dia após dia eles se esforçam para entregar água, distribuir colchões, cobertores, calçados. Mas, além disso eles procuram sempre oferecer o Evangelho. Uma grande parcela desses refugiados são muçulmanos e não conhecem a Jesus. As principais atividades acontecem em uma fronteira com a Croácia, local onde passam cerca de 4.500 refugiados por dia.

O missionário Henrique Davanso conta que eles não podem ser pegos distribuindo qualquer material religioso e que por isso precisam conhecer os refugiados para abordá-los. “Uma experiência legal que vivemos, foi quando os refugiados chegavam ao local onde havia distribuição de alimentos, café da manhã, almoço e janta. E ali eles trocavam de roupa, a gente fornecia o vestuário”, iniciou.

Estratégias

“Nesse local, não é permitida a distribuição da Bíblia. Mas nós fazíamos muita amizade com eles. Então, depois que terminava o turno de trabalho da gente, nós íamos para uma praça que ficava bem perto e a maioria desse povo saia do campo de refugiados e ia também. Nessa praça, nós tínhamos a oportunidade de entregar um Evangelho. Alguns pegavam e a gente perguntava: ‘Você já conhece o Evangelho?’. E eles respondiam: ‘Não, não conheço’”, explicou.

O missionário explica que o que tem distribuído é o livro de Marcos. Ele diz o motivo: “Distribuímos o livro de Marcos, porque ele mostra os milagres de Jesus no contexto oriental, que os refugiados entendem muito bem. E quando entregávamos o Evangelho, alguns pegavam, colocavam no coração, beijavam, colocava na testa e alguns até choravam, porque era a primeira vez que estavam tendo contato com a Palavra de Deus”.

O projeto “Bíblias para os Povos” está fazendo 10 anos de atividade. Nesse período, os missionários que atuam pelo programa já distribuíram mais de 720 mil Bíblias a grupos não alcançados. Eles incentivam os cristãos a doarem pelo menos uma Bíblia para o programa até 10 de dezembro, o segundo domingo do mês, que é celebrado o Dia da Bíblia.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO MISSÕES MUNDIAIS

Sobre o autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: