NÃO SE METAM COM NOSSAS CRIANÇAS! – IDEOLOGIA DE GÊNERO DERROTADA PELA 2ª VEZ NA CÂMARA MUNICIPAL DE GARANHUNS

Presença da Sociedade Civil Organizada, Direita Garanhuns e Religiosos em defesa da Família.

Mais uma vitória histórica em Garanhuns!

Assim foi definida a Audiência sobre “Ideologia de Gênero” nesta terça-feira (21) na Câmara pelos Vereadores, ao verem os principais representantes das Igrejas Evangélicas, Católica e da Sociedade Civil Organizada na plenária repudiando tal prática tão danosa às nossas crianças e famílias.

Em junho de 2015, o legislativo garanhuense baniu do Plano Municipal de Educação, por 13 votos a 0, qualquer referência aos termos “diversidade” e “gênero” nas atividades pedagógicas da rede municipal de ensino, excluindo na época da meta do PME a questão da identidade de gênero CLIQUE AQUI E RELEMBRE. Agora, o assunto voltou à Casa através do Projeto de Lei 086/2107 de autoria do vereador Audálio Filho. O documento não só ratifica o que foi decidido em 2015 com relação ao Plano Municipal de Educação, como estende a proibição da ideologia de gênero às escolas privadas. “Fica terminantemente proibido na grade curricular de ensino da rede municipal de ensino, a disciplina denominada ideologia de gênero, bem como toda e qualquer disciplina que tente orientar a sexualidade dos alunos ou que tente extinguir o gênero feminino e masculino como gênero humano”, diz o Artigo 1º do projeto.

“A questão da ideologia de gênero tem causado transtorno às famílias de países que já a implantaram, como Suécia e Alemanha. Há um consenso entre pedagogos e psicólogos de que a ideologia de gênero causa um grande prejuízo para as crianças nos países onde ela já foi implantada. Se Deus quiser, no Brasil ela não será implantada. Até porque os planos nacional, estadual e municipal de educação excluíram qualquer referência à ideologia de gênero. Então esse projeto é uma ratificação do que foi decidido em 2015, deixando bem claro que as atividades pedagógicas e complementares não podem ter referência a isso. Quem cuida da sexualidade da criança é a família, não a escola. A escola cuida do saber e do ensino, qualquer inclusão diferente disso é prejudicial às crianças e contra a própria Constituição que garante que é a família o núcleo fundamental do Estado, salientou Audálio Filho.

Ainda segundo o Vereador, a proibição do tema nas escolas não é exclusividade de Garanhuns e dezenas de cidades estão produzindo legislação semelhante para proteger a família. Ele reiterou que a questão da ideologia de gênero não tem nada a ver com a sexualidade nem liberdade de opção sexual, mas sim com uma intromissão errada do Estado na formação familiar.

Especialistas no assunto foram convidados para desmiuçar a polêmica, no plenário e nas comissões. “Precisamos dar um freio nessa terrível ideologia de gênero que tenta despersonalizar o ser humano desde o nascimento. A sexualidade não é uma questão social, mas sim biológica,” disse o parlamentar.

Depois de mais de quatro horas a Audiência foi encerrada com a aprovação de todos os Vereadores presentes, os quais se manifestaram e adiantaram seus votos contra a ideologia de gênero e a favor da Família e das crianças.

A votação oficial ocorrerá na próxima semana.

Cabe às famílias orientar seus filhos em questões morais e sexuais

Fonte: Agreste Violento

NÃO SE METAM COM NOSSAS CRIANÇAS! – IDEOLOGIA DE GÊNERO DERROTADA PELA 2ª VEZ NA CÂMARA

Sobre o autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: